Notícias

País gerou 115.898 empregos com carteira assinada em abril

22/05

Foi o quarto mês consecutivo de geração de vagas. De janeiro a abril, foram abertos 336.855 empregos com carteira assinada O país gerou 115.898 postos de trabalho em abril, o melhor resultado para o mês dos últimos cinco anos. Esse saldo é a diferença entre 1.305.225 admissões e 1.189.327 demissões, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho. Foi o quarto mês consecutivo de geração de vagas. De janeiro a abril, foram abertos 336.855 empregos com carteira assinada no país. De maio de 2017 a abril de...


Leia mais

Três milhões procuram emprego há mais de 2 anos, diz IBGE

21/05

Para o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, os dados são “bastante preocupantes” Rio – Três milhões de pessoas desocupadas no mercado de trabalho estão procurando emprego há mais de dois anos, conforme os dados do primeiro trimestre de 2018. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta quinta-feira, 17, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O contingente de pessoas desempregadas há mais de dois anos representa 22% do total da população desocupada no primeiro trimestre, que chegou...


Leia mais

O inimigo nº 1 de um negócio, segundo 7 personalidades de sucesso

18/05

Por: Marcelo Nakagawa O inimigo número um do empreendedor de primeira viagem Vou fazer uma confidência. “Meus primeiros seis anos no negócio foram desanimadores. Muitas vezes eu sentava e me perguntava: Por que estou fazendo isto. Eu nunca mais farei isto. Isto não vai funcionar. Vou desistir e conseguir um emprego real para tentar sobreviver” (GL). Por isso, “eu não vou ficar dizendo que o fracasso é divertido. Aquele período da minha vida foi terrível e eu não tinha ideia sobre o que iria acontecer com a minha decisão que mais parecia optar por um conto de fadas. Mas o fracasso...


Leia mais

Educação financeira pode reduzir endividamento excessivo, diz Goldfajn

17/05

O presidente do Banco Central afirmou que a educação financeira leva ao uso mais responsável do crédito, com menor risco de endividamento e inadimplência A melhoria dos níveis de educação financeira leva a uma demanda e uso mais responsável do crédito, com menor risco de endividamento excessivo e, portanto, uma menor inadimplência. A avaliação foi feita pelo presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, hoje (14), em Brasília, durante a abertura da 5ª Semana Nacional de Educação Financeira. “Esses efeitos contribuem para a redução do custo do crédito”, disse Goldfajn,...


Leia mais

16/05

Como evitar o endividamento familiar?

Ainda sofrendo com os reflexos da crise econômica no país, muitas pessoas apresentam dificuldades para quitar as dívidas e sair do vermelho. De acordo com a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), divulgada em abril pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), 60% das famílias brasileiras estão endividadas e não conseguirão pagar as contas deste mês. Já o percentual de famílias inadimplentes, ou seja, que já têm contas atrasadas, chega a 25% do total. A maioria das despesas, segundo a pesquisa, vem do cartão de crédito: 76,1% dos entrevistados afirmam...


Leia mais

Fale Conosco

Rua Direita, 191
6º andar - Centro
SP – 01002-001
secretaria@secobesp.org.br/ adm@secobesp.org.br
3101-7444 / 3101-7530


SECOBESP - Sindicato das Empresas de Cobrança do Estado de São Paulo